terça-feira, 2 de setembro de 2008

O que eles sabem?


Domingo, eu vi dois filhotes de gato persa. Duas coisinhas peludas. Pequenos como ratinhos. Ainda cegos e surdos.
O que pode querer um filhote recém-nascido de gato persa, além de se arrastar (sim, eles não andam) até a teta da mãe? O que um serzinho desses sabe sobre a vida? O que eles sabem sobre o desmatamento na floresta Amazônica? Sobre a morte de pinguins em Santa Catarina por causa de óleo no mar? O que sabem sobre as próximas eleições? O que sabem sobre as crianças africanas desnutridas? Sobre os membros amputados dos afegãos? O que sabem sobre a guerra na Geórgia? O que sabem, inclusive, sobre alguma coisa que não seja o cestinho minúsculo onde dormem?


Nada. Eles não sabem nada.


Queria ser um filhote de gato persa.

2 comentários:

Uma outra Tatiane... disse...

Bom, mas se vc fosse uma gatinha persa, o que você poderia fazer de diferente no mundo? Alegrar pessoas solitárias que gostam de animais?


Eu não queria ser uma gata persa.

Salem Zamenaph disse...

se eu fosse uma gata persa, eu não faria a menor idéia de que não posso melhorar o mundo, ou seja, isso não me faria falta e não traria tormento algum. Não quero ter a ignorância de tudo, mas invejo um pouco esses seres que não sabem das coisas.
Ainda queria ser um filhote de gato persa...